Amsterdã em dois dias

DCIM103GOPRO

Achei que dois dias seria pouco para conhecer Amsterdã mas me enganei. Fui com a minha família (mãe, pai e irmão) e conseguimos ver todos os principais pontos turísticos. No começo parecia estranho ir para Amsterdã, uma cidade tão liberal, mas pesquisei bastante antes de ir e fiquei muito feliz de ter essa cidade no nosso roteiro. Os holandeses possuem o domínio da língua inglesa, não importa a idade, achei incrível. Então a comunicação não foi um problema para mim e meu irmão. Chegamos no dia 30/01/2015, estava muito frio mas pegamos pouca neve.

1º dia

Ficamos hospedados no hotel WestCord City Center, bem perto da estação central. Logo que chegamos na cidade, perto do meio dia, vimos que nosso hotel estava bem localizado. A primeira parada foi em um passeio de barco pelo canal. Pagamos €15,00. Pegamos o primeiro barco que vimos, mas tinha vários para escolher. Foi interessante, eu diria. Tivemos uma noção do que estava ao nosso redor e conhecemos um poucos dos monumentos históricos.

1. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias

Pegamos um taxi e fomos ao museu do Van Gogh. Pagamos €17,50 pela entrada e alugamos os áudio guias por 5 euros, tinha em português uhull. Apesar de eu conhecer um pouco da história dele, o áudio fez com que o museu se tornasse bem mais interessante. As explicações eram breves, não tornando a visita longa

2. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias

Em seguida fomos direto para o Heineken Experience, que era uma das atrações que eu mais esperava nessa viagem. Achei a-ni-mal!! Conta a história da Heineken de uma maneira diferente, é dinâmico, tu vive a história, tem muita tecnologia e interação. A família inteira aprovou!! Pagamos €18,00 cada um e ganhamos uma pulseirinha que incluía 2 cervejas e 1 brinde no final do passeio. Em breve sairá um post falando apenas sobre a Heineken Experience

3. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias

Jantamos e fomos para o hotel. Pegamos o mapa a vimos que o Red Light Distric estava a três quadras do nosso hotel. Essa é uma rua famosa, eu diria perversa, de Amsterdã, onde as mulheres se expõem de langerie em vitrines. É tipo um a lá carte do sexo, os homens passam e escolhem as que mais gostaram. Não sei explicar o que era aquilo, mas foi estranho, elas viam um homem, batiam no vidro e chamavam para dentro. Por ser um ponto turístico, tinha várias famílias visitando aquele local por isso, não me estranhem hahaha. Dica: de maneira nenhuma bata foto daquelas mulheres, elas chegam a sair das vitrines para te xingar, nós presenciamos uma cena dessa e foi constrangedor para a pessoa. (Peguei essa foto do google)

9. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias 1

2º dia

Logo cedo fomos no local do letreiro I Amsterdam que é parada obrigatória para turista bater foto. Como chegamos cedo, o letreiro era todo nosso!!DCIM103GOPRO

Atrás do letreiro tem o Rijksmuseum, um museu nacional dos países baixos. Era bem organizado e tinha local gratuito para deixar os casacos. Pagamos €17,5 euros e dessa vez apenas meu pai e meu irmão comparam o áudio guia por xxxx. Acho que essa parte de museu vai muito do gosto da pessoa. Eu não sou a maior fã, com certeza foi muito mais atrativo para o meu pai do que para mim. Foi legal apesar de eu ter olhado tudo por “cima”

4. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias

Em frente ao museu e em frente ao letreiro I Amsterdã tem uma pista de patinação no gelo. Eu e meu irmão alugamos os patins por €8,00 cada. Quem tivesse seu patins tinha entrada free na pista. Foi muito legal, ficamos uns 40 minutos patinando enquanto meus pais ficaram tomando um café no barzinho anexo a pista. (Notem que estava cheio de crianças hahaha, mas nem ligamos)

5. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias

Em seguida caminhamos e chegamos no Vondelpark, um parque lindo, com pessoas fazendo exercícios, famílias brincando, cheio de árvores, lagoas e animais ao redor. Era muito frio, meu deus!! Mas amamos! Queríamos muito alugar uma bike para passear por ali, porém não achamos ao redor para alugar #chatiados

6. Viajando em 3... 2... 1...  - Amsterdã em dois dias

Chegamos no hotel e adivinhem? Alugamos as bicicletas, era questão de honra! kkk Pagamos €10,00 por 24 horas, então andamos durante a noite e um pouco no comecinho do outro dia, já que nosso trem partia só meio dia. Eramos meio atrapalhados nos caminhos mas foi legal, valeu muito a pena!! Recomendo, afinal, Amsterdã é a cidade das bicicletas

DCIM103GOPRO

Resumo

1º dia: passeio de barco pelo canal, museu do Van Gogh, Heineken Experience e Red Light Distric

2º dia: I Amsterdam, Rijksmuseum, pista de patinação no gelo, passeio no Vondelpark, aluguel das bicicletas

Você ainda pode incluir no seu roteiro:

- Casa da Annie Frank
– Museu de cera Madame Tussaud

Tentei ser breve, se não o post teria várias páginas, mas qualquer dúvida só perguntar aqui nos comentários ;)

4 comentários sobre “Amsterdã em dois dias

  1. Oi Angela,Voce daria uma otima reporter.Gostei muito de rever AMSTERDAM tambem conheci e visitei os lugares que voce muito bem apresentou.Viajamos pelos canais,visitamos os museus, so nao patinamos , senao iriamos sair de la de cadeiras de rodas hehehe. Tambem ficamos 3 dias em BERLIN. nos hospedamos bem ao lado daquela torre imensa que virou antena da tv local. tambem muito interessante o local onde derrubaram o muro.Na Alemanha, estivemos em Frankfurt, onde levei um tombo, que quebrei o dedo da mão e levei um corridao numa sorveteria, porque eu tinha me sentado na mesa do barzinho para tomar um sorvete de casquinha(eu nao sabia que nao podia sentar).Mas foi uma viagem maravilhosa .Ficamos 24 dias conhecendo AUSTRIA,BELGICA,FRANÇA,PORTUGAL,ESPANHA,ITALIA ETC, tudo de onibus fretado.Foi uma viagem inesquecivel. Beijos tia Jurema.

Deixe um comentário