Dois dias em Curitiba – PR

1 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - capa - jardim botânico - hard rock café - roteiro de 2 dias em curitiba - museu oscar niemeyer

No Instagram eu comentei que eu e o Van trocaríamos o presente de dia dos namorados por uma viagem, e o destino escolhido foi Curitiba, Paraná. Tomamos a decisão de ir para esse destino porque queríamos passar frio, já que decidimos ir nas férias de julho. Mas bem pelo contrário, passamos foi muito calor, tinha um sol lindo! A maioria dos pontos turísticos em Curitiba é ao ar livre, então ficamos felizes com o calor e o sol.

A viagem de carro de Criciúma à Curitiba dura em torno de 7 horas, por isso saímos sexta feira (17/07) e dormimos em Florianópolis (na casa da minha madrinha) para sábado acordar cedinho e continuar viagem. Segue o nosso roteiro de dois dias em Curitiba:

PRIMEIRO DIA

Jardim Botânico

Eu gostei tanto desse lugar que a primeira coisa que eu fiz quando cheguei de viagem foi fazer um post sobre isso (veja aqui). Foi lindo!! É tudo ao ar livre, por isso ter um tempo estável é essencial. Reserve no mínimo uma hora e meia e vá disposto a fazer caminhadas. Só achamos uma lanchonete lá, se quiser leve comida e faça um piquenique, o lugar é propício para isso! Não pagamos nada para entrar e nem para estacionar.

1 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Jardim botânico

Museu Oscar Niemeyer

Eu estava com uma expectativa bem grande de conhecer esse museu mas confesso que me decepcionei um pouco. Eu esperava mais moderno, mais interativo, mas ele é bem tradicional com exposições de quadros e algumas esculturas. A parte que eu mais gostei foi a que contava a história de Oscar Niemeyer, tinha miniaturas de suas obras famosas.

Vimos várias placas com indicações para subir ao “olho” do museu, estávamos esperando alguma coisa extraordinária e por incrível que parece não tinha n-a-d-a. Estava tudo preto, com umas luzes piscando. Ou aquilo era uma exposição muito exótica que eu não conseguia entender ou não era nada mesmo. Massssss, a visita foi válida. Ficamos uma hora por ali (bem pouco pela quantidade de artes expostas, mas não fazia muito nosso estilo). Custava R$6 ou R$3 meia entrada.

2 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Museu Oscar Niemeyer

Opera de Arame

Foi a visita mais rápida que fizemos, durou apenas 20 minutos. A Opera de Arame foi construída em 1992, é feita de tubos de aço e estruturas metálicas. Logo na entrada tem um ponte feita de grades, se você olhar para baixo verá um lago com peixes, dá um certo medinho porque o lugar é alto. Não é possível entrar na opera, tem apenas uma parte de visitação para fotos. Mas é interessante! Não paga nada para a visitação, nem para o estacionamento. Saindo dali tem umas lojinhas para você comprar souvenir, caldo de cana, refri e água.

3 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Opera de Arame

Parque Tangua

Fui nesse parque por indicação de uma amiga, adorei! É lindo, um lugar que preserva áreas verdes próximas à nascente do Rio Barigui, com araucárias, árvore característica de Curitiba. Possui uma cascata, dois lagos e uma caverna, que na verdade é um túnel artificial. Acabei não indo na caverna, mas olhei de longe e fiquei curiosa, parecia legal.

Acabamos almoçando por ali, numa lanchonete com uma vista linda para o lago, porém o atendimento deixou a desejar. Eram três horas da tarde, o local estava relativamente cheio e só tinha um cozinheiro e uma atendente (os dois perdidos). Pedimos dois xis saladas, custava R$8 cada, mas bem meia boca, ficamos com fome. O parque é espetacular, mas recomendo almoçar em outro lugar.

4 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Parque Tangua

Hard Rock Café Curitiba

Esse lugar foi tão legal que merece um post especial só para ele! O Hard Rock Café de Curitiba é o único do Brasil que está em funcionamento e como é bem famoso, está sempre lotado e com filas de espera. Chegamos 6:40 e esperamos 30 minutos em numa fila na rua e depois esperamos nos barzinhos tomando drinks e cervejas até vagar uma mesa. Pedimos o famoso hamburguer The Legendary, uma delícia! Música boa, pessoas bonitas, comida deliciosa e bom atendimento. Aguardem que em breve você verá um post inteirinho com fotos e informações do Hard Rock

5 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Hard Rock Café

SEGUNDO DIA

Feira Largo da Ordem

Essa é uma feirinha bem famosa de Curitiba que acontece todos os domingos das 09:00 às 14:00 horas no setor histórico da cidade. Reuni mais de mil barracas e vendem coisas do tipo: objeto de decoração, pinturas, artesanatos, lembrancinhas da cidade, roupas, bijuterias e entre outros. Ficava bem do ladinho do nosso hotel então fomos a pé mesmo. Compramos muitas coisas legais, como quadrinhos e objetos de decoração barato e bolachas caseiras. Se comprar em dinheiro vale a pena pechinchar, pessoal sempre dá um descontinho.

Chegamos as 09:00 horas e o movimento estava calmo, depois das 10:00 horas lotou e começou a ficar mais difícil de andar. Então a dica é, chegue cedo. Também vimos bastante dificuldade dos motoristas em achar lugar para estacionar e é quase inexistente estacionamento rotativo em Curitiba.

6 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Feira do largo da ordemMadero Container

Uma pena que Criciúma seja tão longe de Curitiba! Ainda teríamos 7 horas de viagem pela frente, por isso, saímos as 11:00 horas da manhã para não chegar tão tarde em casa. Nossa parada para o almoço foi em Joinville, na beira da BR 101, no restaurante Madero Containei (sim, é dentro de um container mesmo, muito legal). É uma rede de restaurante criada em Curitiba que hoje têm mais de 40 unidades espalhadas pelo Brasil. É delicioso, sem palavras!!! O site deles têm todas as localidades, você encontra em Curitiba também, veja aqui. Pedimos o combo: Cheeseburger Madero + batata frita + refri = R$30Para a felicidade dos criciumenses, vai abrir uma filial no Nações Shopping.

7 Viajando em 3.. 2.. 1.. - Curitiba em dois dias - Madero Joinville

Resumo:

Primeiro dia: Jardim Botânico, Museu Oscar Niemeyer, Opera de Arame, Parque Tanguá e Hard Rock Café.
Segundo dia: Feira do Largo da Ordem e restaurante Madero

dicas

Dica 1: Se você for de avião e não tiver carro para se locomover na cidade, sugiro o Ônibus de linha especial para os pontos turísticos. Veja informações aqui.

Dica 2: Se você estiver de carro e quiser conhecer o centro da cidade, fique ligado porque é dificil encontrar uma vaga para estacionar! Achei bem complicado essa questão, ainda mais que nosso hotel não tinha estacionamento. Horário comercial era praticamente impossível.

Dica 3: Nosso tempo era curto, tivemos que selecionar os pontos turísticos mas existem outros que você pode visitar também, como o Parque Barigui, Bosque Alemão, Bairro de Santa Felicidade, Park Shopping Barigui, Universidade Federal do Paraná, Museu do Holocausto, entre outros.

Observação 1: Note que todos o nossos pontos turísticos eram praticamente de graça!  Isso torna a viagem super em conta, nosso bolso gradece! Inclusive nos os estacionamentos dos pontos turísticos eram gratuitos, com pessoas contratadas pela prefeitura para te auxiliar nas manobras.

Observação 2: Nosso meio de localização foi pelo aplicativo Waze, que funciona como um GPS com dicas inteligentes. Avisa sobre radares, movimentos intensos e melhores trajetos. Consome bastante a bateria do celular, mas nada que um carregador do carro (12W) não resolva. Baixe aqui.

Observação 3: De sábado para domingo dormimos no Hotel Eilat, bem no centro da cidade, perto da Praça Tiradentes e da Rua da Flores. Era bom, super simples, bem localizado e barato, pagamos R$135,00 a diária.

E assim foi nossa viagem para Curitiba! Passou muito rápido mas foi bem aproveitado. Nós adoramos os lugares que visitamos!! Segundo o aplicativo do celular que conta meus passos, nós andamos 17 quilômetros no sábado. Em breve publicarei mais posts sobre Curitiba e como eu planejo os gastos das viagens, comparando a expectativa com a realidade dos gastos que tivemos, aguarde ;)

 até a próxima

2 comentários sobre “Dois dias em Curitiba – PR

  1. Minha cidade é linda mesmo, bjs. Ps. Volte ao museu em outras oportunidades, com exposições mais legais, vc deve ter ido em um dia ruim. Muito legal o post, adorei!

    • Oi Eneo, pois é, todo mundo fala tão bem do museu e quando eu fui não teve nada de especial. Mas com certeza voltarei! Adorei Curitiba!

Deixe um comentário