Tour Glaciar Pastoruri – aclimatação em Huaraz, Peru

0-viajando-em-321-tour-glaciar-pastoruri-huaraz-peru-aclimatação

Huaraz é uma cidade localizada no norte do Peru e serve como base para muitas aventuras, trilhas, contato com a natureza e paisagens incríveis! Comecei minha aventura com o Tour Glaciar Pastoruri, uma trilha de aclimatação com 5000 metros de altitude, ideal para preparar seu organismo/fôlego/coração para o trekking Laguna 69.

No caminho eu já pude notar porque Huaraz é considerada a Suíça Peruana, é uma cidade cheia de montanhas e picos nevados! Entrei em contato com a empresa Inkaland Treks e contei meu sonho em fazer a Laguna 69, então me indicaram primeiro o Pastoruri, uma trilha curta de aclimatação. O Tour Glaciar Pastoruri é um dos passeios mais comuns da cidade. Edita e Deysi são as duas responsáveis por essa agência de aventuras.

16-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

15-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

1-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

6-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri-botas-ecosafety

17-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

Nosso guia Rodolfo nos buscou no hostel e o trajeto de carro durou duas horas de estrada de chão. Entre montanhas e curvas, da janela eu já puder ver o que me esperava. Apenas cenários lindos! Cada curva eu já queria bater uma foto.

Logo no início, nosso guia entregou os lanches e aconselhou tomar chá de coca. Disse que era uma caminhada bem tranquila de aclimatação, para que nosso corpo pudesse entender a altitude que a gente se encontrava e no outro dia estar “preparado” para fazer o trekking Laguna 69.

18-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

3-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

Essa é uma trilha relativamente curta, com 2,5 km de ida e 2,5 km de volta, mas faz ser um caminho bem longo devido ao ar rarefeito. Logo nos primeiros cinco minutos achei inacreditável o poder que altitude teve com meu corpo desacostumado. Precisei parar, com o coração saindo pela boca, respirar fundo e tomar água, logo nos primeiros 5 minutos. Parecia que eu tinha corrido uma maratona, de tão exausta. Parece exagero, mas foi bem assim hahaha. Aí aos poucos entendi que eu precisava andar bem devagar, sem pressa para chegar. O bom era que cada parada eu podia bater uma foto, porque todo lugar que eu olhava era lindo!

11-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

12-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

10-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

21-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

19-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

5-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri-botas-ecosafety

Ah, e todo o caminho do Tour Glaciar Pastoruri é demarcado por lajotas, bem tranquilo! O problema é que são subidas e descidas todas as horas. Mas muitos lugares tinha até banquinho para sentar e dar um pausa.

4-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri-botas-ecosafety

Depois de uma hora e quarenta minutos, cheguei no destino e era lindo!! O céu bem azul, o glaciar bem branquinho e o lago bem calmo. Fiquei ali apreciando (e descansando disfarçadamente). Depois comecei a sessão de fotos, porque era lindo de verdade!

20-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

13-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

8-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

Para chegar mais perto do Glaciar não tinha mais estradinha, então era um terreno bem irregular. Fui com a minha bota de trilha Ecosafety, me ajudou muito! Compre aqui.

7-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

Na volta foi bemmmmm mais tranquilo! Tive a impressão que era só descida, parei bem pouco pra descansar. Notei que enquanto eu voltava, muitas pessoas estavam indo… tive a sorte de ir cedo e ver o glaciar sem ninguém. Melhor para as fotos ;)

Nosso passeio estava incluso o almoço, então Edita preparou truta grelhada com saladas e mandou pelo nosso guia Rodolfo. Truta é um peixe de água doce encontrado apenas em águas geladas, é delicioso! Amo truta e amei nosso almoço!

23-blog-viajando-em-321-huaraz-trilha-aclimatação-tour-glaciar-pastoruri

Época do ano que eu fui…

Fui em julho, época de calor no Peru. Mesmo assim vi muitas geleiras e passei frio durante o trajeto, pois tinha muito vento. Passei bastante protetor! Quando o vento dava uma trégua, sentia calor e tirava a jaqueta mais pesada.

O que achei da altitude…

Sobre a altitude, senti cansaço durante o trajeto todo, mas não passei mau, nem vomitei ou algo do tipo. Só depois quando voltei para o hostel que senti muuuuuita dor de cabeça, mas como vocês podem notar, sobrevivi!

Como contratar a Inkaland Treks…

Sempre que precisei, entrei em contato por email. Quem me respondia era a Edita ou a Deysi, duas pessoas muito queridas e prestativas!

Website: www.inkalandtreks.com
Email: info@inkalandtreks.com
Telefone: (+51)  943332193 RPC
Skype: 
Inkaland.Treks

Quanto custa…

Fechei um pacote de dois dias de trilha (Pastoruri + Laguna 69) para duas pessoas. Inclui guia para as duas trilhas, translado do hostel até as trilhas, translado da chegada na cidade até o hostel, lanches e refeições. É um pacote privativo, com guia sempre a nossa disposição, respeitando nossos limites e nos acompanhando. O carro dos translados era uma caminhonete 4×4 (Hilux ou L200). Tudo isso nos custou U$147 por pessoa.

separação - viajando

Clique aqui e veja como foi minha experiência na
Laguna 69

6 comentários sobre “Tour Glaciar Pastoruri – aclimatação em Huaraz, Peru

  1. Olá, Angela! Adorei o blog, as fotos e todas as dicas!! Gostaria de saber sobre sua bota Ecosafety. Li que a marca é nova e os produtos não são muito técnicos. Como foi sua experiência com elas? Teve bolhas? Esquentou muito? São duras? Obrigada!!

    • Oi Eliane! Achei minha experiência ótima, a bota é bem confortável e continuo fazendo todas as minhas trilhas com ela. Andei com ela por 12 dias, notei que depois do sétimo dia meu dedo mindinho criou bolhas, mas eu não coloco a culpa na bota não (acontece com outros calçados meus tbm). É que eu andei demais, foi bem puxado. Mas coloquei um band aid e nada me atrapalhou. Recomendo as botas Ecosafety com certeza!

    • Oii, que bom que gostou!! Vais amar o Peru! Tenho meu roteiro de 12 dias todo detalhado aqui no blog. Sobre essa trilha, eu sai de lima e fui ate huaraz de onibus mesmo, deu 8 horas de viagem.

  2. Oi Angela! Muito bom seu relato e a viagem parece ter sido incrível!
    Irei ao Peru em setembro e programei 3 dias em Huaraz. Entretanto, gostaria de ter 1 dia a mais em Lima, pois na programação, incluí somente o dia de chegada e o ônibus para Huaraz sairá a noite, aproveitando somente em torno das 13h às 21h em Lima, o que me parece ser pouco. Pensei em tirar 1 dia de Huaraz para estender +1 dia em Lima mas fico com resseio de apenas 1 dia em Huaraz não ser o suficiente para me aclimatar com a altitude para no outro dia fazer a trilha na Laguna 69 mas vi você fez e deu certo. O que me aconselha?

Deixe um comentário