O que rolou na 1ª edição do Rota Sul

Depois de tanto envolvimento com o Rota Sul, hoje eu relembro o encontro e fico até com aquela sensação de orgulho, sabe? Foi indescritível poder mostrar nossa região sul de Santa Catarina para blogueiros de viagem do Brasil todo.

O evento saiu melhor do que o esperado. Além dos blogueiros conhecerem nossa região, eles trocaram experiências e fizeram amizades. Eu mesma, me identifiquei com todos, são pessoas que vou levar para a vida.

Aqui no Viajando em 3..2..1. você vai ouvir falar muito do Rota Sul, vou fazer vários posts da nossa região. Assim como os convidados também farão. Para começar, fiz um resumo do que rolou nesses 4 dias de encontro. O roteiro foi bem intenso e eles puderam conhecer e explorar muito nosso sul de SC. Vamos conferir??


Primeiro dia – Nova Veneza


Fomos recebidos no charme da cidade de Nova Veneza.  A primeira parada foi no Restaurante Veneza, que fica localizado na praça Humberto Bortoluzzi. Nem todos os blogueiros conheciam a verdadeira polenta e puderam conhecer essa e outra delícias da cozinha italiana. Nosso almoço foi embalado ao som do grupo musical Eco di Venezia .

Portal de Nova Veneza

Restaurante Veneza

Em seguida, conhecemos a história da cidade. Começamos pela praça Humberto Bortoluzzi onde fica a gondola trazida da Itália, passamos pelo museu do imigrante e em seguida conhecemos as casas de pedra. Todas as atrações de Nova Veneza estão voltadas para a cultura Italiana. Também visitamos o Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, a barragem do Rio São Bento e a Vinícola Borgo.

Casa de pedra

Santuário Nossa Sra do Caravaggio

Barragem do Rio São Bento

Vinícola Borgo

A noite, o Restaurante Bodega do Zeca nos recebeu com o Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro Nova Veneza (são campões do festival de dança de Joinville). As meninas do grupo eram uma graça, até nos fizeram dançar. Antes do jantar, tivemos uma palestra sobre mídia digitais com a blogueira gastronômica Rúbia Ramos e logo em seguida, tivemos uma surpresa incrível: a Susan Bortoluzzi (secretária de turismo da cidade) nos apresentou o  Carnavale de Venezia. As roupas do tradicional carnavale encantou a todos, foi demais. No cardápio da Bodega do Zeca foi massas caseiras e costela de fogo de chão.

Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro Nova Veneza

Restaurante Bodega do Zeca

Carnavale de Venezia

O Gabriel, um dos responsáveis pelo turismo da cidade, nos acompanhou o tempo todo durante nossa visita a Nova Veneza. Gostaria de parabenizá-lo, nos receberam muuuuuuuito bem.


Segundo dia – Serra do Rio do Rastro


Levamos nossos blogueiros de viagem para conhecerem as maravilhas da Serra do Rio do Rastro. Logo que chegamos, a guia Miria da agência Tribo da Serra Eco nos levou para conhecer o cânion da Ronda, que fica próximo ao parque eólico de Bom Jardim da Serra. Explicou toda a formação do local e nos contou a histórias dos tropeiros. Em seguida, fomos na Cascata da Barrinha, uma charmosa cascata que fica nas margem da rodovia que liga a serra até o centro da cidade.

Vista do Cânion da Ronda

Cascata da Barrinha

O almoço foi por conta da Churrascaria Tropeiro, que nos recebeu com uma suculenta costela de fogo de chão. O buffet tava sensacional também, com massas, farofa tropeiro e muita salada. Após comer bastante, fizemos os sorteios dos mapas que recebemos da Gate05 e Viagema, duas lojas online de decorações de viagem. As sortudas foram a Dani (D&D Mundo Afora), Carol (Dicas Roteiros e Viagens) e Aline (Vem que te Conto). Antes de voltar para Criciúma, conhecemos o mirante da serra e fizemos paradas estratégicas na descida da Serra.

Restaurante Tropeiro

Chegando em Criciúma, a boleria Bolo de Mãe estava nos esperando com um suuuper café da tarde. Bolos de todos os tipos, tortas, sucos e cafés. Preciso dizer que estava uma delícia? Foi demais. E a noite, os blogueiros estavam livres para fazer o que achassem melhor. Uns dormiram cedo e outros foram conhecer os bares da cidade (sou do time que acompanhou nos bares, haha).

Café da tarde no Bolo de Mãe

Leia mais posts sobre a Serra Catarinense:
– Nosso cantinho em Bom Jardim da Serra
– Serra do Rio do Rastro
– Cachoeira do Rio Pelotas
– Parque eólico e visita aos cânions
– Colhendo pinhão na Serra


Terceiro dia – Orleans


Foi uma honra chegar no hotel Real Nob para tomar café da manhã e ser recebidos pelo prefeito da cidade,  nos dando as boas vindas. Disse que estava muito feliz em nos receber e que esperava que pudéssemos ter uma visita agradável da cidade. Dito e feito, foi tudo muito bom.

O café da manhã do hotel Real Nob era super reforçado. Cheio de bolos, pães frescos, omelete, cachorro quente, sucos e máquina de café para todos os gostos. Em seguida, a gerente do hotel nos mostrou todas as acomodações e falou mais do local. Ganhamos kit de brinde: bloquinhos de anotações, regua, caneta, bolachinhas e guia da cidade.

Café da manhã no Hotel Real Nob

Acomodação Hotel Real Nob

Leomar foi quem nos acompanhou até a Unibave (universidade) para conhecermos o museu ao ar livre. Fiquei encantada com o museu, conta a história dos imigrantes italianos através de casas e objetos originais. Uma pena que choveu, quero voltar lá para tirar fotos lindas. Após o museu, nos dirigimos ao paredão com as esculturas bíblicas do artista Zé Diabo. Revitalizaram os paredões e voltou a ser lindo como sempre.

Museu ao ar livre

Paredões com esculturas do Zé Diabo

Agora sim um dos momentos mais esperados pelo pessoal: visitação na cervejaria Lohn Bier, que fica em Lauro Muller (no pé da Serra, ao lado da cidade de Orleans). Fomos recebidos pelo Richard, o sommelier e sócio proprietário da Lohn. Ele nos mostrou todo o processo produtivo da cerveja e teve muita degustação. Em seguida foi servido um almoço delicioso com bife a parmegiana, peixe assado, massa, batata frita com chedder e para fechar, uma sobremesa de sorvete com trufa de brigadeiro e calda da cerveja Carvoeira.

Um brinde na cervejaria Lohn Bier

Almoço na Lohn Bier. Agora temos um Instagram de comida sabia? Segue o @comendoem321

No meio da tarde, voltamos para Criciúma e visitamos a Mina de Visitação Octávio Fontana, a única mina aberta ao público na América do Sul. O guia nos mostrou como era feita a extração do carvão mineral. Achei bacana que isso prendeu a atenção dos blogueiros, eles adoraram. Na sequência, visitamos o Museu Augusto Casagrande, o qual conta a história de uma família tradicional da cidade.

Mina de Visitação Octávio Fontana

Museu Augusto Casagrand

A noite jantamos e conhecemos as acomodações do hotel Interclass Criciúma. O hotel foi inaugurado em abril deste ano e fica localizado na Avenida Centenário, nas instalações do antigo hotel Crisul. Antes do jantar, o Beneth do blog Tire a Bunda do Sofá fez um bate papo com os blogueiros contando sua experiência e expectativas de quem acabou de largar o emprego para viver do blog de viagem. Foi uma conversa muito legal, pessoal compartilhou experiências do mundo da blogosfera.

No jantar foi servido filé ao molho madeira, frango do molho brie (meu deus que delícia) e uma salada deliciosa. Em seguida, nos mostraram as acomodações do hotel. Os quartos estão lindos, tudo novinho, bem estruturado e super aconchegante. Eles possuem quatro tipos de acomodações distribuídos em mais de 140 quartos.

Jantar no hotel Interclass Criciúma. Segue o @comendoem321

Acomodação do hotel Interclass Criciúma

Hora de ir embora? Depende… para alguns sim, outros não. Fomos conhecer mais um barzinho da cidade, o Jack Bonny.


Quarto dia – Criciúma


No último dia do Rota Sul, fizemos um tour pelas duas principais praças de Criciúma: Praça Nereu Ramos e Praça do Congresso. As duas ficam localizadas no centro da cidade e ficam próximas uma da outra. A diferença é que uma fica rodeada pelo comércio e a outra por residências e uma escola tradicional. São arborizadas e fazem parte da cultura de Criciúma.

Galera no monumento ao mineiro na Praça Nereu Ramos

Praça do Congresso

Parque das Nações

Para encerrar o evento, almoçamos no Famiglia Angelotti, um restaurante especializado em massas que fica localizado dentro do Nações Shopping. As massas são feitas na hora, basta vocês escolher o tipo e o molho que quer. Tudo fresquinho, uma delícia. Também possui uma mesa de frios, com várias saladas e petiscos deliciosos. Após o almoço, levamos nossos blogueiros até o aeroporto de Jaguaruna.

Restaurante Famiglia Angelotti

Hospedagem

Toda a hospedagem dos blogueiros convidados ficou por conta do Hotel Ibis Criciúma, que não mediu esforço para nos apoiar nesse evento. Cada dia que eles chegavam no hotel para dormir, era um presentinho em cima da cama, acredita? Um dia foi um kit com itens úteis de higiene pessoal, outro dia foram amostras do O Boticário e no último dia ganharam uma caneca personalizada com o nome de cada. Os convidados amaram a receptividade e as acomodações.

Leia mais: onde se hospedar em Criciúma – Hotel Ibis

Brindes

Preciso deixar registrado aqui os brindes que os blogueiros ganharam porque não foram poucos. Foi um sucesso de tantos brindes, conseguimos muitos apoiadores que queria prestigiar o Rota Sul e o resultado foi uma bolsa recheada de coisas incríveis. Curte só:

Mochila jeans da Damyller | Lenços umedecidos da Feel Clean | Kit de mini embalagens da Omnes Cosméticos

Kit com mousepad, pendrive 16 GB, caneta e bloco de anotação da Supplay Suprimentos de Informática | Copo do blog Casa de Doda | Caderno de notas da Engenharia Castanhel


Blogs convidados:

Mapa na mão | Viajando em 3.. 2.. 1.. | Casa de Doda | Vem que te conto | D&D mundo afora | Bagagens de memórias | Viajando sem medo | Vivi na viagem | Dicas roteiros e viagens | Tire a bunda do sofá | Viajei bonito | Rota Terrestre

Apoio:

Cervejaria Lohn Bier | LATAM | Hotel Ibis Criciúma | Restaurante Bodega do Zeca | Restaurante Veneza | Engenharia Castanhel Supplay Informática e Suplementos | Effort Digital | Minha Trip 92,5 FM | Inspira Personalizados |Real Nob Hotel | Churrascaria Tropeiro | Prefeitura de Nova Veneza | Prefeitura de Orleans | Fundação Cultural de Criciúma | Multicópias | Damyller | Interclass Hotel Bolo de Mãe | Feelclean Lenços Umedecidos | Viagema | Gate 05 | Tribo da Serra Eco | Famiglia Angelotti | PAX | Omnes Cosméticos


Você pode salvar esse post no seu Pinterest

Já segue o blog nas redes sociais?

15 comentários sobre “O que rolou na 1ª edição do Rota Sul

  1. Fiquei morrendo de vontade, tanto em conhecer o sul de Santa Catarina como esses blogueiros (que conheço apenas por foto).
    Quem sabe na 2° ediçao!
    😉
    Adorei a programação!

  2. O Encontro Rota Sul foi demais, superou as minhas expectativas e deixou muita saudade. Parabéns aos organizadores, apoiadores, participantes e a todos que tornaram esse encontro possível. Bjs

Deixe um comentário